Terça-Feira, 17 de Julho de 2018

Pais informados podem ajudar a desenvolver filhos com autismo.

Vivenciando o Autismo

“Parte dos problemas de comportamento nós (pais) que colocamos em nossos filhos, por desconhecimento”, afirma Carla Cristiny Rocho. A Psicóloga Clínica, Neuropsicóloga e Diretora Clínica do Espaço Criativo foi a convidada do encontro do Programa Vivenciando o Autismo, ocorrido em junho, na IBCM. A Terapia Cognitivo Comportamental foi o tema trazido pela palestrante.

 

“Quero ensinar meu filho a tomar banho. Como eu vou ensinar?”, ilustrou Carla, exemplificando uma dificuldade comum a muitos pais de autistas diante de uma atividade considerada básica. Para a psicóloga, autistas podem aprender tarefas do cotidiano. “A maior dificuldade é relativa a sequência das atividades. Se distraiu num instante já não lembra o que estava fazendo”, esclarece. Durante a palestra, Carla Rocho trouxe exemplos de métodos cientificamente comprovados que ajudam no processo de aprendizado de pacientes autistas: o TEACCCH e o ABA.

 

O método TEACCH busca a compreensão e promoção da autonomia da criança por meio da organização e estrutura do ambiente. Rotinas de trabalho, uso de pistas visuais e instrumentos de apoio organizados sistematicamente são recursos utilizados. As estratégias do programa consistem em dividir uma tarefa complexa em etapas passíveis de entendimento.

 

“O comportamento depende da consequência”, explicou a psicóloga sobre a base do método ABA. Conforme aponta a psicóloga, no Brasil o programa ainda não tem regulamentação, mas procura aplicar seus princípios. O foco está no que antecede e o que precede o comportamento. “Observar o gatilho que desencadeia um comportamento e em como positivá-lo ou repreendê-lo imediatamente é a chave para reforçá-lo”, ensinou Carla.

 

O Presidente da IBCM marcou presença e falou sobre o desejo do plano de saúde de ir além das consultas básicas. De acordo com Daniel, por muitos anos focou-se no atendimento clínico, o médico, o dentista, o psicólogo. Segundo o Diretor, o Plano IBCM evoluiu. “Hoje temos um novo olhar voltado para a prevenção e focado em fortalecer famílias a desenvolverem seus filhos” afirma.

 

O Programa Vivenciando o Autismo é coordenado por Eduardo Nascimento de Oliveira, a Fonoaudióloga, Anelise Rodrigues e a Assistente Social, Fátima Luna. O objetivo é trazer métodos e informações que auxiliem os pais a estimularem o desenvolvimento de seus filhos. Maiores informações: servsocial2@ibcm.org.br

Design by Pimenta do Reino • Developed by ThreeContent